Em um discurso marcado pelo tom religioso e patriótico, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) arrancou aplausos dos fiéis presentes no ginásio onde é realizado o Congresso dos Gideões Missionários, em Camboriú. Ele relembrou o período de campanha, o episódio em que foi atacado durante as eleições e fez menção pontual ao empresário catarinense Luciano Hang, que descreveu como “amigo”.

Embora estivesse acompanhado de perto por lideranças políticas do Estado, como o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) e alguns parlamentares integrantes do Congresso Nacional, Bolsonaro não entrou em polêmicas de governo. Leia trechos do discurso.

— No ano passado estive aqui, ainda era um candidato e sabia das dificuldades que teria pela frente, quem enfrentava. E nós vencemos até porque tinha como lema uma bandeira, algumas palavras, de uma passagem bíblica. “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. Certa vez, uma repórter me perguntou se eu tinha uma chance de chegar sem mentir. E eu disse: “Se é para mentir, eu perderei as eleições”. Mas tínhamos o que os outros não tinham, um povo ao nosso lado de muita fé.

Atentado

— Fui salvo por um milagre. Agradeço a Deus por ter salvo a minha vida. Agradeço a vocês pelas orações.

O amigo Luciano Hang

— Eu não sairia daqui feliz se não agradecesse a todas as pessoas, mas também a uma pessoa muito especial aqui em Santa Catarina. O meu amigo Luciano, da Havan. Um empresário que é um exemplo para todos nós. Que sempre carrega consigo a bandeira do nosso país. Que acredita no livre mercado, acredita nessa nação maravilhosa.

Viagem a Israel

— Uma coisa marca qualquer um que visita aquela terra. Aquela terra é santa, a terra de Jesus.

Patriotismo

— Nós empunharemos a bandeira nacional como um símbolo de esperança, um símbolo que pode sim ser aquela realidade que nós todos procuramos. Meus irmãos, meu muito obrigado pela oportunidade. Não há prazer maior do que estar entre pessoas de bem e que têm fé. Brasil acima de tudo, Deus acima de todos.

Sem polêmicas ou falas sobre agendas do governo, presidente da República participou de abertura de congresso evangélico em Camboriú

Por Jean Laurindo

Fonte: NSC Total

Deixe seu Comnentário